Desabafo GameDev

Venho aqui pedir uma coisa que já era pra ter feito a muito tempo: esse mundo de GameDev no Brasil não é fácil não, estou falando isso por que eu sei e estou na “área Independente” há quase 2 anos e meio, e sei do que estou falando, e estou vendo coisas que não era pra serem vistas.

O desenvolvimento de jogos no Brasil não vai pra frente por causa dos próprios “desenvolvedores”, não por causa de governo, o mal está rodeado entre nós, e não é o desenvolvedor em si, mas o modo de ele pensar.

O problema é que esses “desenvolvedores” ou “estudantes” da área de GameDev, em sua maioria não tem nem um space invaders para apresentar ao seu público Brasileiro, e só sabem falar e falar, sonhar e sonhar, se você é realmente um desenvolvedor você pelo menos deveria ter algo em mãos para mostrar ao público, algo concreto, algo real e não mais que palavras. Agora se você se diz “estudante”, mostre que está estudando, lance jogos simples, você só irá adquirir experiência no desenvolvimento de jogos. E outra coisa em relação aos “estudantes” da área, se você está estudando por que quer ensinar?

Desde pequeno eu aprendi que os mais experientes ensinam para os mais novos, isso acontece também no esporte que pratico (kung fu), onde eu só posso ensinar ao meu colega se meu Kati ( movimento de luta ) estiver bom, estiver eficiente e com força, e eu só adquiro isso com muita prática e dedicação. A desculpa de muitos vai ser o tempo, bem se não tem tempo,  desista de GameDev, mas se você tiver vontade você vai conseguir, antes eu até tinha um tempinho, mas hoje to cheio de projetos pessoais para concluir, além dos projetos de GameDev, e ainda assim sempre procuro um espaço para ir melhorando meus jogos, ou então terminar eles.

Hoje eu tenho orgulho da minha lista de jogos, mesmo dos mais simples, ainda mais quando há um MMORPG no meio, pra você ver outra coisa, muitos ficavam me criticando por eu ter criado o Chaos Online num Maker (Elysium Diamond), que se foda!! Meu jogo estava pronto, e chegamos aos 500 players em 4 meses que o projeto ficou online. O Chaos Online acrescentou mais pontos em minha experiênca com jogos: recebi críticas, elogios, xingamentos, experência com administração, noções de client Servidor, envio/recebimento de pacotes TCP/IP, foi mais um site para meu portifólio, fiz novos amigos, aprendi a mexer melhor no visual basic, tive noções de mapeamento, tive players mal educados… dentre outras coisas… pena que não pude manter o jogo online por falta de recursos financeiros, mas quem sabe outro dia neh? cheguei até a começar fazer uma versão em 3D do jogo, mas vi que não dava pra mim.

Então é isso espero que pelo menos pensem por que estão nessa área e para que está nela, se quiser molezinha, senta aqui, então paremos de falar mais, e tentar fazer mais jogos, e parar de ficar reclamando da vida, de governo, de político, de cultura brasileira.

3 Respostas

  1. concordo com o que você disse amigo.
    O Pessoal tá muito cheio de “sabedorias” mas com muito pouca bagagem comprovada.
    Prefiro um veterano em pong do que alguém que somente diz saber técnicas avançadas de shading.

    Abraço.

  2. Rapaz… Isso é verdade mesmo!!!! Eu trabalho na industria de jogos aqui nos EUA, e a mentalidade das pessoas aqui na questão em que você fala é bem diferente mesmo!!

    No Brasil, as pessoas têm mesmo mânia de só falar, não só na área de jogos, mas muito outras, ou culpar o governo. Mas na verdade como você falou, a culpa mesmo está entre nós!

    Infelizmente isso é verdade, e espero que um dia, isso mude!!! Não desista não!

    Renato!

  3. Concordo com tudo que vc falou. Esse preconceito dos desenvolvedores para com as engines (vulgos makers) é ridículo. Sou bastante criticado por utilizar o Game Maker, essas ferramentas ajudam bastante e lhe trazem muito conhecimento. Assim como vc na Elysium Source, eu estou montando um MMORPG utilizando a Game Maker e sei do quanto de conhecimento venho adiquirindo desde TCP/IP à administração de banco de dados, lancei um alpha closed recentemente e o pessoal adorou, foram 10 pessoas e é bastante gratificante.

    O que falta é as pessoas serem humildes e aprenderem a programar um simples PONG antes de começar a falar algo.

    Boa sorte no seus projetos, tô sempre acompanhando! Infelizmente, não pude testar o Chaos Online! =~

    Abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: